top of page

Estratégia dos três pontos: como aumentar cerca de 91% os seus ganhos com a escrita.

Se você seguir essa estratégia, poderá aumentar quase o dobro dos seus ganhos com a escrita.

Como ganhar dinheiro com a escrita

No passado, eu acreditava que o resultado de uma seleção definiria a qualidade da minha escrita. E isso definitivamente não está certo.


Não é porque o seu texto não foi aceito por um grupo de pessoas que quer dizer que ele não é bom. Muito pelo contrário, se você encarar as coisas por outro ângulo, pode conseguir mais resultados sendo negado do que sendo aceito.


Hoje vou te apresentar uma estratégia que mudará completamente a forma como você pensa a remuneração dos escritores.


A pergunta é: você está preparado para ganhar dinheiro com a literatura de uma forma não convencional?


Se a resposta for sim, me acompanhe até o final deste texto.


A estrutura padrão


O senso comum do meio literário diz que devemos escrever, publicar e vender nossos livros.

Três etapas simples e bem fáceis de entender.


No entanto, para boa parte dos escritores, a última etapa delas é a mais difícil.


E realmente, vender não é uma tarefa fácil, principalmente para quem não busca conhecimento específico sobre vendas.


Outro caminho muito procurado também, visando acelerar as etapas de publicação e venda, são os concursos e prêmios literários, pois, uma vez que se ganha um grande prêmio ou concurso, as portas tendem a se abrir, possibilitando ao autor novas possibilidades de alcance e remuneração.


Não tem nada de errado com esses dois caminhos. Eles são possíveis e podem sim possibilitar bons retornos aos escritores comprometidos e persistentes.


Mas existe uma terceira possibilidade que pode ser muito mais lucrativa, mais rápida e usando como base os textos que foram negados em concursos ou prêmios literários.


O que você faz com os textos que são negados em concursos literários?


Eu não sei o que você costuma fazer com os textos que são negados nos concursos literários.


Arrisco dizer que, na melhor das hipóteses, você provavelmente deve pensar em criar um e-book e publicá-lo em alguma plataforma como KDP (Kindle Direct Publishing) ou outra similar.


Ou talvez publicar em plataformas de autopublicação.


Feito isso, você começa a divulgar nas suas redes sociais. Depois, por não ter retorno nenhum, você começa a pagar para pequenos influenciadores escreverem ou gravarem resenhas falando do seu livro.


E assim você vai seguindo.


De novo, não tem nada de errado em fazer isso. Pode até ser positivo se você souber escolher bem os influenciadores.


Mas na maioria dos casos essa estratégia não gera muitos resultados, e eu vou te falar alguns dos motivos.


Grupos de engajamento


Os grupos de engajamento são pequenos blocos de influenciadores que se juntam para curtir e comentar posts uns dos outros.


Eles são criados com a melhor das intenções, visando fortalecer a comunidade de influenciadores literários.


Mas no final das contas, essa boa intenção faz mal para todos e eu vou te explicar o porquê.


Por que os grupos de engajamento prejudicam o trabalho dos escritores?

Como ganhar dinheiro com a escrita

Basicamente porque o engajamento que parte desses grupos não são reais.


Se você já tiver contratado algum influenciador literário, muito provavelmente já deve ter passado pela situação em que dezenas de pessoas comentam dizendo que o título do seu livro é incrível, que a sinopse é maravilhosa ou que a pessoa até já colocou na lista de leituras do mês.


Porém, quando você vai olhar o histórico de vendas ou leituras, nada mudou.


Não vou me aprofundar muito nesse assunto porque esse não é o tema central deste texto, mas fazer parte de grupos de engajamento só te afasta de ter bons resultados.


É mais ou menos o mesmo que pagar alguém para ser seu amigo.


Pode até ser reconfortante num primeiro momento, mas com o tempo e com os resultados que não serão alcançados, você vai se sentir frustrado, principalmente porque é você que está pagando por tudo.


Outro motivo para explicar porque os grupos de engajamento são ruins, é que eles atrapalham completamente a análise de indicadores.


Em outras palavras...


Se todas as curtidas e comentários sobre o seu livro são falsas, como é que você vai saber o que está dando certo e o que está dando errado na sua estratégia de comunicação? Impossível.


Eu poderia te falar muito mais sobre isso. Mas acredito que você já entendeu. Se não tiver entendido, deixe um comentário no fim dessa postagem que eu escrevo outro texto falando exclusivamente sobre este tema.


A estratégia dos três pontos: o método para reaproveitar seus textos, criar comunidade, ganhar mais dinheiro e aumentar a lucratividade com a sua escrita


Essa estratégia consiste em três pilares básicos:


  • blog;

  • rede social;

  • produto/serviço.


Tem muita gente que diz que os blogs acabaram. Mas a maior prova de que essa ideia é mentira é o fato de você estar aqui lendo esse texto.


Sabendo disso, você pode usar o blog a seu favor.


Qual a função do blog nessa estratégia?


O blog pode ser usado para gerar relacionamento, aumentar a sua autoridade e conscientizar as pessoas sobre a importância do seu trabalho.


Ele precisa ter a cara dos seus leitores e precisa também ter um design que facilite a leitura e o acesso.


Por exemplo, não sei se você percebeu, mas já reparou que o fundo dos textos do nosso blog são sempre brancos? E que os textos sempre estão alinhados à esquerda? E que existe uma série de subtítulos no decorrer da leitura? E que existem várias imagens dividindo cada parte?


Tudo isso são técnicas que facilitam a leitura do conteúdo, fazendo com que o leitor sinta-se confortável para ler até o final.


O fundo branco da tela é confortável aos olhos, o texto alinhado à esquerda respeita a ordem natural da leitura, os subtítulos dão a impressão de que o texto é menor, as imagens sinalizam pequenas pausas, dando descanso ao cérebro etc.


São técnicas testadas e comprovadas que ajudam muito.


Ao criar um blog, você deve usá-lo pensando nessas premissas: relacionamento, autoridade e conscientização.


Você pode publicar nele parte dos textos que foram negados em concursos literários e outros conteúdos para conscientizar o seu público sobre a importância do seu trabalho.


Sabe o que acontece no wattpad? Lá os autores escrevem e vão publicando as histórias aos poucos e os leitores vão acompanhando o processo de escrita.


Você pode fazer algo parecido no blog, com duas diferenças:


  • a primeira é que você não vai precisar dividir a atenção dos leitores com histórias de outros escritores;

  • e a segunda diferença é que as histórias já estarão prontas, tornando tudo mais rápido.


Outro dica importante é a consistência. Se você for tomar a decisão de criar um blog, saiba que precisará ser consistente.


O seu público precisa estar em contato frequente com a sua escrita.


Quanto mais ele lê os seus textos e se relaciona com o seu trabalho, mais a sua autoridade aumenta e mais ele estará propenso a comprar algo de você.


Nesse primeiro pilar, não esqueça de criar uma pop-up da newsletter para as pessoas receberem um aviso sempre que você publicar um novo texto.


Caso você não saiba, pop-up é aquela janelinha que aparece sempre que entramos em um site ou blog, geralmente perguntando se a pessoa quer receber conteúdos exclusivos sobre alguma coisa.


Se não tiver isso, parte do seu trabalho será em vão, porque um contato apenas não é o suficiente para as pessoas lembrarem de você.


Rede social

Como ganhar dinheiro com a escrita

Na estratégia dos três pontos, as redes sociais servem para atrair o seu público. Nela você vai postar frequentemente, de forma atrativa, trechos daquilo que você publica no blog.


Mas atenção: os posts precisam ser atrativos e possuir formatos de acordo com cada rede social.


Por isso é importante você saber quem são os seus leitores, pois assim, atraí-los será uma tarefa bem mais fácil.


Por último: produto (livro) ou serviço


Esse pilar já é bem autoexplicativo, refere-se ao meio pelo qual você vai gerar leitores do blog em compradores dos seus livros ou serviços.


Lembra lá no início quando eu falei que quanto mais contato com você o público tiver, maiores são as chances deles comprarem os seus livros, serviços e afins?


Então, isso precisa ser levado bem a sério.


Conforme você for publicando trechos daqueles textos que foram negados por concursos literários e recebendo inscrições em sua newsletter, você vai perceber a sua comunidade crescendo, tanto nas redes sociais quanto no blog.


De tempos em tempos, com uma boa estratégia de vendas, você oferece os seus livros, outros produtos e serviços que possam contribuir de alguma maneira na vida de cada membro da sua comunidade.


Resumo prático da estratégia dos três pontos para você começar a aplicar o quanto antes


A estratégia, na prática, funciona assim:


  • Etapa 1, criação do blog + publicação dos textos;

  • Etapa 2, criação do perfil no instagram + publicação de versões menores dos conteúdos direcionando para o blog;

  • Etapa 3, oferta dos seus livros, produtos, serviços e afins.


Se você levar a sério essa estratégia, em menos de 1 ano conseguirá alcançar leitores e compradores reais, que serão beneficiados por tudo aquilo que você produz.


Certamente, dentro deste período, fazendo cada etapa da melhor maneira possível, você conseguirá alcançar um faturamento que muitos autores independentes sonham em ter.


E acredite no que estou dizendo: essa estratégia funciona. E funciona muito bem diga-se de passagem.


Aumentando os canais de contato com a sua audiência


Com o tempo, conforme a sua comunidade for aumentando, você pode também começar a adicionar novos canais de contato com o seu público.


Por exemplo: você pode começar a produzir conteúdo para o YouTube, pode começar a criar cursos e oficinas voltadas às áreas que você domina e por aí vai.


Eu sei que é muito tentador querer focar somente na venda dos seus livros. Mas o livro é apenas uma forma de você conseguir ser remunerado com a sua escrita.


Com essa estratégia que eu te apresentei você pode:


  • participar de concursos e prêmios literários visando aproveitar as melhores oportunidades; se você ganhar ou for selecionado em algum, ótimo, será inesquecível. Mas se não for não tem problema, você pode usar trechos dos textos para criar comunidade e vender para a sua própria audiência;

  • Com essa estratégia você vai aumentar o nível de consciência da sua audiência. A cada nova postagem, a cada novo texto publicado, a cada nova interação eles entenderão a importância daquilo que você faz;

  • e você ainda se tornará uma autoridade dentro do seu nicho. E lembre-se: pessoas que são vistas pelos outros como autoridade em algum tema, costumam ser melhores remuneradas.


Conclusão


A maior parte dos escritores acham que a única forma de lucrar com a escrita é vendendo seus livros.


Na verdade, existem muitas outras possibilidades que podem gerar mais lucratividade em um tempo bem menor de produção.


Além disso, com essa mesma estratégia, você pode usar textos que não foram aceitos em concursos literários, fazendo com que os resultados sejam ainda mais rápidos de serem alcançados.


A estratégia de três pontos consiste em três elementos básicos:


  • blog;

  • rede social;

  • produto (livro) ou serviço.


Por fim, quero te lembrar novamente: essa estratégia funciona. E funciona muito bem se você fizer do jeito certo.


Espero que esse texto tenha sido útil pra você. Abaixo tem um vídeo onde explicamos mais sobre a Estratégia de Três Pontos.


Um forte abraço!


:)



 

1 Comment


Quanto mais me convenço de que esse é o caminho, mais evidente fica a enorme oportunidade diante daquele que se dispor a implementar profissionalmente essa estratégia para vários autores

Like
bottom of page